processos 2019

Área é fundamental para a aplicação da ciência a serviço do incremento da indústria

Termina, no dia 30 de abril, o prazo de inscrição para o curso de especialização em Biotecnologia e Bioprocessos na modalidade Educação a Distância, oferecido pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Ambiental (PBA), da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Não haverá processo de seleção para a escolha dos candidatos e as matrículas serão efetivadas conforme a chegada da documentação na UEM. O curso tem como público alvo profissionais das áreas de Agronomia, Zootecnia, Ciências Biológicas, Farmácia, Tecnologia de Alimentos, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Veterinária, Química, Engenharia Química e áreas afins.

O investimento é de R$ 50,00 para taxa de inscrição e 18 parcelas de R$ 180,00. As matrículas serão efetuadas de 6 a 13 de maio e as aulas terão início no dia 18 de maio.

Pela natureza interdisciplinar e pelas potencialidades de aplicação, a biotecnologia constitui-se em um espaço notadamente fértil, onde é possível buscar e divulgar os conhecimentos teóricos e aplicados nas indústrias de alimentos, farmacêutica, produção de energia, meio ambiente e agropecuária.

Até o início da década de 70, a biotecnologia era aplicada, basicamente, na indústria de alimentos. Com o advento da Tecnologia do DNA Recombinante (TDR), ocorreu um grande incremento na agroindústria, notadamente na obtenção de plantas transgênicas. 

Além de aplicações na agricultura, a clonagem e a transgenia animal estão despontando cada vez mais no cenário científico internacional. A Biologia Molecular teve um avanço muito grande nesta última década, com o emprego das TDR na melhor compreensão de genomas.

Outras informações sobre o curso no site ou no e-mail é "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.".