Tools

O vice-cônsul do Japão no Paraná, Motohiro Hoshino, visitou diversos departamentos da UEM, nesta segunda-feira (18). O diplomata veio a Maringá para fazer uma doação do governo japonês ao asilo Wa Jun Kai e fez questão de conhecer a Universidade.

Hoshino estava acompanhado do professor do Departamento de Medicina da UEM, William Taguchi, e da assessora do Escritório de Cooperação Internacional da UEM (ECI), Elza Kimura Grimshaw. Juntos, eles percorreram, pela manhã, o Hospital Universitário e o Hemocentro, onde o vice-consul se cadastrou como doador de medula óssea.

À tarde, o grupo esteve na Reitoria da UEM e foi recebido pelo chefe de Gabinete, Júlio Santiago Filho. Foi, então, a vez de conhecer o monumento japonês que existe na entrada da UEM e visitar a exposição de calendários com temas japoneses, na Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico (Fadec), no campus da UEM.

O vice-cônsul disse que se sentiu em casa, durante a visita à Universidade, porque pode verificar o quanto a instituição se dedica ao povo e à cultura japonesa. “Agora, esperamos ampliar nossas parcerias. É necessário que a UEM faça as sugestões e terá todo o apoio do consulado”, garantiu.

A assessora do ECI lembrou que estão sendo alinhavadas diferentes propostas de convênio. Ela reforçou a necessidade de o consulado estar mais perto da UEM “para que projetos de parceria se tornem realidade”.