Tools

Na data em que o Brasil todo comemora o O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, a Universidade Estadual de Maringá também reflete sobre a inserção do negro na sociedade. Diversas atividades estão programadas com esse objetivo, integrando a Semana Afro-Brasileira, que segue até sexta-feira, 21.

Uma mesa-redonda irá debater a inclusão do negro na universidade e no mercado de trabalho. Os debatedores também irão discutir a lei que estabelece a inclusão de história e cultura africana e afro-brasileira na programação do ensino básico. A mesa será coordenada pela professora Ana Lúcia da Silva, membro do Programa Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-Brasileiros (Neiab). O debate começa às 19h30, nesta quarta-feira, 19, no auditório do Sinteemar, à Rua Orlando Soares, 357.

Arte e religiosidade é o assunto em foco, amanhã (20), na mesa-redonda coordenada pelo presidente da Associação Consciência Negra, Alaor Gregório de Oliveira. Será às 19h30, no auditório do Sinteemar.

Na sexta-feira, 21, o tema em debate será educação para as relações étnico-raciais. Entre os convidados estãp a professora Marivânia Araújo, que é a coordenadora geral da Semana, e a professora Cleide Amorim, coordenadora do Neiab.

Atividades Culturais e Mostra de Fotografia

Atividades Culturais também fazem parte da programação. No dia 19 o Grupo Batuke Novo se apresenta no auditório do Sinteemar, pouco antes de iniciar a mesa-redonda, e no dia 20 será a vez do Grupo Fogança. Ainda foi agendada A Mostra de Cinema Negro, que engloba o Festival Spike Lee, hoje, 19, com exibições às 14 e 19 horas. Haverá debate com representantes do Neiab. Amanhã, 20, às 14h, 16h e 18h30, será exibido o filme Amuleto de Ogum, com debate coordenado pelo presidente da Consciência Negra. A mostra tem apoio do Programa Cinuem e ocorre no auditório da Fadec.

Encerrando a Semana, será montada, amanhã (20), na Biblioteca Central, a exposição de fotografias A presença negra na UEM, resultado de concurso de fotografia, sob o mesmo tema. A comissão julgadora do concurso se reúne hoje, às  14h30, no Bloco da Reitoria, para a seleção dos melhores trabalhos.

Com programação especial, a Rádio UEM-FM também marca presença na Semana Afro-Brasileira. Entrevistas e programas especiais debatem as questões raciais e difundem a cultura negra.

Para outras informações sobre a Semana acesse www.dcs.uem.br ou ligue para 3261-4288.