Tools

Mecanismos que conduzem a diabetes e obesidade serão debatidos amanhã (28), no anfiteatro da Fadec na Universidade Estadual de Maringá, dentro da programação do I Simpósio do Núcleo de Estudos em Diabetes e Obesidade da UEM (Nedo). Será enfocado o projeto Os Receptores Muscarínicos de Ilhotas Pancreáticas e a Regulação da Secreção de Insulina em Ratos, que recebe recursos do Pronex/2006-Paraná/CNPq/Fundação Araucária. As atividades começam às 9 horas.

O Nedo reúne pesquisadores de diversas universidades brasileiras. O grupo se preocupa com a epidemia de sobrepeso e obesidade e também de diabetes. Ele estuda mecanismos que conduzem à obesidade, tanto do ponto de vista fisiológico como celular e molecular para que se possa fazer intervenções de prevenção e tratamento da doença. Eles abordam aspectos nutricionais, farmacológicos, físicos e de exercícios. Segundo o pesquisador Paulo Mathias, todos esses mecanismos vão desaguar em proteínas receptoras muscarínicas das células que produzem a insulina.

Os participantes vão discutir resultados do projeto, estabelecer novas colaborações e redirecionar planos e metas. Outras informações pelo telefone (44) 3261-4892.

uem tv