Tools

A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC) lançou, hoje (13), na sala dos Conselhos Superiores, o Caderno de Extensão Sebastião, um jornal em formato tablóide, com 12 páginas, que reúne informações sobre as atividades extensionistas desenvolvidas pela UEM. Segundo a pró-reitora Wânia Rezende Silva, a criação do Caderno é fruto de um construção conjunta e passa pela noção de territorialidade, no sentido de que possa ser divulgado quem são as pessoas envolvidas na extensão e de que forma elas estão trabalhando.

Outro foco na concepção do Caderno é a discussão sobre a extensão universitária que vem ocorrendo nos fóruns específicos. De acordo com a professora, não há como fazer um trabalho de extensão sem pensar nas conexões nacionais e até internacionais. Wânia disse que o Sebastião surgiu com a proposta de ser uma publicação plural, para atender as diferenças e divulgar os projetos acadêmico-científicos e as ações comunitárias.

Conforme ela, a palavra Sebastião aparece muito na literatura e nas artes e vai conferir uma identidade ao Caderno. “Sebastião somos todos aqueles que trabalham para melhorar as condições de vida humana”, disse, acrescentando que se trata de um nome de origem grega e significa “o reverenciado”.

O reitor Décio Sperandio ressaltou que a relação da UEM com a sociedade pode ser feita em duas frentes, sendo uma voltada para a inovação tecnológica e outra para a extensão. De acordo com ele, a idéia é que o conteúdo divulgado chegue mais perto do conhecimento da comunidade. Sperandio também falou sobre a preocupação da extensão em contribuir para a formação cultural inclusive da comunidade interna.

O Caderno Sebastião é uma iniciativa da PEC em conjunto com a Assessoria de Comunicação da UEM. A solenidade reuniu também, entre outras autoridades, o vice-reitor Mário Azevedo; o assessor de Comunicação Social, Luiz Donadon Leal; pró-reitores; diretores de centro, chefes de departamento, assessores e membros da equipe da Pró-Reitoria de Extensão.

uem tv