Tools

O Museu da Bacia do Paraná abre, na sexta-feira, 17, a exposição A História do Centro Patriótico Tiradentes em Maringá, em comemoração aos 22 anos do CPT, que será comemorado no dia 17 de maio . A exposição, que segue até o dia 30 deste mês, conta um pouco da História de Maringá, de Tiradentes e das lutas sociais encampadas pelo Centro.  

Nesta mostra, a História será contada a partir dos diversos materiais impressos (jornais, folderes, cartilhas, banners) que fazem parte do acervo do CPT. O objetivo principal é propiciar uma reflexão sobre as ações do Centro nas diversas instâncias da sociedade de Maringá ao longo dos seus 22 anos de existência.

O CPT foi criado no dia 17 de maio de 1987 em comemoração ao aniversário de Maringá. Desde que surgiu, nas antigas instalações do Instituto de Educação Estadual de Maringá, sob a tutela do empresário José Pacheco dos Santos, o Centro busca atentar-se a questões referentes à identidade nacional.

Diversas foram às atuações do órgão, seja criando base de sustentação do movimento de cidadania pelas Diretas Já; Fora Collor; contra a privatização da Vale do Rio Doce; em Defesa do Patrimônio Público; em ações contra a corrupção, ou articulando encontros e seminários que discutissem a efetividade das ações político-partidárias e a criação políticas públicas que atendessem a necessidades de todos.

O Museu da Bacia do Paraná está ligado à Universidade Estadual de Maringá (UEM). A exposição estará aberta ao público das 8h às 11h e 14 às 17 horas de segunda a sexta-feira. Para agendamento de visitas em grupo, inclusive escolas, entrar em contato pelo telefone (44) 3261-4294.

uem tv