Tools

As aulas na Universidade Estadual de Maringá recomeçam na segunda-feira (24). Reunido, ontem (19), o Comitê de Monitoramento sobre a Gripe A (H1N1) resolveu manter a decisão tomada no último dia 13, que era retomar as atividades acadêmicas na próxima semana. Para garantir a segurança dos alunos que estão retornando,  a UEM adquiriu 600 dispensadores que serão utilizados com sabonete líquido nos banheiros e com álcool em gel nos blocos didáticos, locais de grande fluxo de pessoas.

Além disso, os acadêmicos terão toda a orientação necessária sobre a doença. Materiais impressos serão distribuídos nas salas de aulas e os professores repassarão para os alunos as informações geradas pelo Comitê. São medidas que se estenderão aos câmpus regionais e à Fazenda Experimental, em Iguatemi.

A idéia é não relaxar em relação às atitudes que podem evitar a contaminação pelo vírus e reduzir os riscos de transmissão da Gripe A. Por isso, o Comitê continuará suas atividades, com reuniões semanais de avaliação, monitorando o andamento do quadro na UEM.

Outras instituições de ensino superior paranaenses também retomarão as aulas no dia 24, entre elas a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).

Na UEM, as aulas chegaram a ter início no dia 28 de julho, mas, no dia 6 deste mês, acatando uma recomendação do governo estadual, a Universidade, com o suporte do Comitê, decidiu suspender as atividades até o dia 17 em princípio, e depois até a próxima segunda-feira.

Ao todo, em torno de 20 mil estudantes retornarão às salas de aulas no dia 24, incluindo os alunos dos cursos livres. A Pró-Reitoria de Ensino (PEN) está formulando uma proposta de reposição das aulas, que será analisada e votada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEP).

uem tv