Tools
O reitor da Universidade Estadual de Maringá, professor Décio Sperandio, entregou mais 583 metros quadrados de área construída, numa ampliação do Bloco Q-04, que comporta a Farmácia-Ensino e Farmácia Popular do Brasil, que funciona na UEM desde agosto deste ano.

No bloco, com plataforma de acesso para portadores de necessidades especiais, vai funcionar uma sala reservada para o laboratório de informática, onde serão instalados 30 computadores, adquiridos com recursos do Programa Universidade em Movimento, da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O espaço também abriga outras salas de aula, almoxarifado e um anfiteatro com capacidade para 67 pessoas.

O bloco teve a construção financiada pela união dos recursos provenientes da Farmácia-Ensino e do Governo Federal, por meio do programa Farmácia Popular do Brasil. A construção foi feita pelos servidores da Prefeitura do Câmpus.

 O reitor declarou-se satisfeito em entregar mais essa obra lembrando que ela integra uma grande frente de trabalho que é a consolidação da infraestrutura do câmpus. “Com esse objetivo estão em andamento, hoje na UEM, mais de 60 mil metros quadrados em obras. Para 2010, um novo cronograma será fechado, ainda com mais obras”, declarou Sperandio.

 A inauguração integra as comemorações de 40 anos da UEM. Participaram da solenidade, a diretora do Centro de Ciências da Saúde, professora Sandra Marisa Pelloso, a responsável pela implantação, na UEM, do Projeto Farmácia Popular, professora Raquel Soares Tasca, o diretor técnico da Farmácia-Ensino, Jorge Luis Ricciardi, e outras autoridades acadêmicas.