Tools

A Universidade Estadual de Maringá comemora, em 2010, seu 40º aniversário. O governador Paulo Pimentel assinou, no dia 28 de janeiro de 1970, o decreto-lei de sua criação. A Universidade é fruto de uma mobilização da comunidade maringaense e da região. Em1968, o governador Pimentel nomeou uma comissão com a tarefa de analisar as condições para a criação de universidades públicas estaduais no Paraná. A UEM, em conjunto com a UEPG e a UEL, são instituições universitárias concebidas em um contexto histórico em que a população do interior do estado do Paraná reivindicava a descentralização da oferta de vagas universitárias, até então sob exclusiva oferta na capital, e em que o modelo de desenvolvimento regional passava a demandar profissionais com qualificação em nível superior.

A UEM iniciou suas atividades em 1970 com a forte razão de promover a formação profissional. Mas, uma universidade jamais se basta, por isso, para além dos 52 cursos de graduação (presenciais e a distância), com quase 50 mil formados, a UEM oferece 30 programas de mestrado e 17 de doutorado, sendo que, pela avaliação da CAPES, de quatro cursos de doutorado com nota máxima do Paraná, dois são da UEM (Zootecnia e Ecologia).

Contemporaneamente, a Universidade Estadual de Maringá ampliou, ainda mais, sua presença e missões. É uma instituição multicampi (Maringá, Cianorte, Goioerê, Umuarama, Cidade Gaúcha e Diamante do Norte) que visa o desenvolvimento regional. É uma universidade completa, oferecendo cursos de graduação, pós-graduação, educação básica (infantil, fundamental e médio), fazendo extensão e cultura e promovendo a pesquisa.

Enfim, o trabalho acumulado em 40 anos são as credenciais e referências que justificam seus prêmios e reconhecimento. A UEM é considerada pelo Ministério da Educação (MEC/INEP) como a melhor universidade do Paraná (2008 e 2009), o CNPq concedeu a UEM, em 2009, o Prêmio de Mérito Científico, e a CAPES, em um rol de centenas de instituições, classifica a UEM como a 21ª mais produtiva do País.

Durante este ano, a UEM vai agradecer a todos que construíram sua história, aos paranaenses pelos esforços públicos por seu financiamento com uma grande programação de aniversário. O foco é fazer com que a sociedade se lembre da Instituição ou tome conhecimento dela. Estão sendo feitos esforços para conseguir um espaço no plenário da Câmara de Maringá, da Assembleia Legislativa, da Câmara Federal e do Senado para que o reitor Décio Sperandio mostre os avanços da UEM e sua relevância no ensino, pesquisa e extensão. Em junho do próximo ano, a comunidade acadêmica e a sociedade debatem os projetos para os próximos dez anos da Instituição. Além disso, a programação reúne atividades de extensão e culturais, que vão mobilizar toda a região. Os detalhes estão no site www.uem.br/40anos.