Tools

A verba de emenda de bancada a ser destinada para o Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM), no orçamento da União para 2010, será de cerca de R$ 31 milhões. A informação foi confirmada, nesta sexta-feira (15), pelo deputado federal Ricardo Barros, que coordenou o trabalho político para a aprovação da emenda.

Inicialmente aprovada em R$ 23 milhões, na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), da Câmara Federal, a verba foi elevada depois para R$ 25,5 milhões. Com os R$ 5 milhões adicionados, o valor exato previsto para o hospital da Universidade Estadual de Maringá será de R$ 31.166.000,00.

“Com o recebimento adicional fica assim cumprido o compromisso dos deputados federais da Bancada do Paraná de viabilizar as obras do HU que atende 120 municípios da região norte do Paraná”, disse Barros, conforme notícia postada em seu site.

Segundo o deputado, a nova missão da bancada agora é conseguir a liberação dos recursos ainda no primeiro semestre deste ano. O Orçamento deverá seguir para sanção do Presidente Lula ainda esta semana.

A mobilização da comunidade política em prol da emenda para o hospital universitário teve seu ponto alto no dia 19 de outubro de 2009, quando, no evento organizado, pela UEM, no anfiteatro professor Keshiyu Nakatani, diversos deputados federais garantiram o apoio à iniciativa.

Naquela ocasião, em ofício entregue aos parlamentares a UEM informou que a verba solicitada, de R$ 39 milhões, daria para terminar o hospital, elevando a área construída de 10 mil para cerca de 30 mil metros2.

Segundo o documento, se fosse terminado o HU ampliaria o atendimento, além de oferecer serviços de mais qualidade. Das atuais 280 cirurgias ao mês, passaria a realizar cerca de 1.800; a quantidade de exames laboratoriais saltaria de 22 mil para 100 mil mensais e o número de internações seria elevado para 300, ante os 120 leitos disponíveis atualmente.