Tools

logo

Secretários estaduais da Seti e da Agricutura e Abastecimento deverão prestigiar a abertura, na terça-feira

 

Cerca de 600 agricultores participarão, na próxima terça-feira, às 13 horas, no Centro Técnico de Irrigação (CTI), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), do Dia de Campo que vai marcar oficialmente o início das atividades do Simpósio Sul Brasileiro de Olericultura, com as presenças dos secretários estaduais de Ciência,Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, e de Agricultura e Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara.

O Dia de Campo vai tratar dos aspectos fisiológicos, fitossanitários, manejo de água, adubação e pós-colheita de hortaliças e culturas folhosas, como o  tomate e pepino; flores comestíveis; couve-flor e brócolis; feijão-vagem e a ervilha torta.

Além dos secretários de Estado e dos agricultores, a atividade vai reunir em torno de 70 engenheiros agrônomos, de 42 cidades paranaenses, e 250 estudantes de graduação e pós-graduação, do Brasil e do Paraguai.

frutos

A Olericultura é a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos, frutos diversos e partes comestíveis de plantas. 

Promovido pelo Departamento de Agronomia da UEM, por meio do Grupo de Estudos Avançados em Horticultura, o Simpósio Sul-Brasileiro de Olericultura terá também palestras, minicursos, apresentação de trabalhos, mesas-redondas e programação cultural. Estas atividades serão realizadas no auditório do PDE (Programa de Desenvolvimento Educacional), bloco B-33, câmpus universitário. 

Um dos destaques da programação será a palestra "Ciência e Tecnologia em Prol do Agricultor", na quarta-feira (30), às 20h15, no PDE. Os palestrantes serão o professor José Usan Brandão Filho, do Departamento de Agronomia da UEM; professor Marco Antônio da Silva Vasconcellos, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ); e Décio Sperandio, diretor Geral da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

800 inscritos

De acordo com a organização do evento, até esta quinta-feira (24) cerca de 800 pessoas estavam inscritas para participar do Simpósio, entre ouvintes, palestrantes e apresentadores de trabalhos científicos.

Realizado em parceria com entidades públicas e privadas, o evento, que prosseguirá até o dia 1º de setembro, visa proporcionar aos participantes uma rica troca de informações, além de conhecimento da realidade hortícola regional e nacional.

Ainda segundo a organização, a integração e a parceria que ocorrem em eventos desta natureza são de fundamental importância para o desenvolvimento e progresso da ciência e da tecnologia, proporcionando intercâmbios proveitosos e de alta significância para o universo da Olericultura. Outro benefício a ser gerado pelo Simpósio é a geração de parcerias de grande impacto e lançamentos de novas tecnologias.

folhagens

A ideia é buscar a integração entre os diversos segmentos participantes do evento, para que possam contribuir na definição de objetivos e metas de futuras políticas públicas do setor. Além disso, serão enfatizadas a pesquisa e a pós-graduação em Olericultura.

Promovido em parceria com a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), o simpósio tem o apoio, entre outras instituições, da Caixa Econômica Federal.

Mais informações podem ser obtidas no site ou pelos telefones (44) 3011-8916 e 3011-5489. O e-mail é "Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.".