Tools

dia surdez2

As atividades vão ocorrer no corredor principal do hospital

Dia 10 de novembro será um dia dedicado à surdez, no Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM). Nessa data, o Ministério da Saúde celebra o Dia Nacional da Surdez. Aqui no hospital, a equipe do ambulatório de otorrinolaringologia vai promover a Campanha de Prevenção à Surdez, com diversas atividades.

Das 9 às 17 horas, fonoaudiólogas do Instituto da Audição e o responsável pelo ambulatório de otorrinolaringologia, o professor do Departamento de Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Jeferson Cedaro de Mendonça, vão oferecer “orientações quanto à conscientização dos aspectos da surdez em relação a suas causas, consequências, prevenção e tratamento. O HUM tem uma parceria com o Instituto, que realiza exames e nos ajuda a preparar os pacientes para o implante coclear, que é realizado aqui no hospital. Depois da cirurgia de implante, esses pacientes são acompanhados no ambulatório, mas também precisam ir até o Instituto, que faz a regulagem dos equipamentos”, explicou Mendonça.

Segundo o médico, o implante coclear é um recurso utilizado na reabilitação de indivíduos surdos. É um dispositivo eletrônico cujo princípio de funcionamento é a estimulação elétrica do nervo auditivo (nervo coclear). Porém, “só é indicado após criteriosa avaliação por equipe especializada”, destacou o otorrino. Ele acrescentou que será possível conhecer mais sobre o implante durante o evento do dia 10.

 

A Campanha no HUM está sendo organizada pelo DMD, pela equipe do Ambulatório e pela Diretoria de Ensino, Pesquisa e Extensão do HUM em parceria com o Instituto da Audição.