Tools

UEM Aerea 2017 UEM Aerea 2017 OK

Os recursos são provenientes dos Ministérios da Educação e da Saúde

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) assinou vários convênios federais que totalizam repasses para a Instituição no valor de R$ 27.360.056,60. Desse montante, R$ 22.790.056,60 são provenientes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia do Ministério da Educação, e R$ 4.570.000,00 garantidos pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS), gestor financeiro dos recursos destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS), na esfera federal. As verbas estavam previstas no orçamento federal de 2017 e foram empenhadas no finalzinho de dezembro do ano passado.

Segundo o reitor da UEM, Mauro Baesso, basicamente o dinheiro será aplicado em obras e compra de equipamentos, atendendo aos diversos câmpus que congregam a Universidade.

O Câmpus Regional de Umuarama foi contemplado com R$ 7.227.986,00, em convênio com o FNDE, incluindo a contrapartida da Universidade. “Esses recursos serão destinados à construção do bloco didático/administrativo da área de agrárias, à conclusão do bloco de três pavimentos para as engenharias e à instalação de uma nova entrada de energia no câmpus”, explica o reitor, destacando que a concessão dos recursos teve a intervenção decisiva do deputado federal Osmar Serraglio.

De outro convênio assinado com o FNDE, que totaliza R$ 12.244.900,00, já incluso a contrapartida da UEM, R$ 8 milhões serão destinados à construção do bloco didático no Câmpus Regional do Vale do Ivaí, na cidade de Ivaiporã, e o restante para a conclusão do Centro de Convenções no câmpus sede. Vale destacar que a verba foi viabilizada também pela intervenção resolutiva de emenda do deputado Sérgio Souza.

Ainda com relação à parceria firmada com o FNDE, a UEM garantiu mais um repasse, este no valor de R$ 3.061.255,00, que é destinado à aquisição de equipamentos, materiais permanentes e de consumo e também para reformas. Segundo Mauro Baesso, essa verba veio por meio de emenda proposta pela bancada paranaense, com apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e dos sete reitores das Instituições de Ensino Superior Público do Paraná, sendo que as demais Universidades Estaduais do Paraná tiveram o mesmo repasse.

Completando a lista de convênios assinados com o FNDE, há uma verba de R$ 255.945,60, viabilizada por meio de emenda individual do Deputado Toninho Wandscheer e destinada à obra de infraestrutura no câmpus em Ivaiporã.

 

Fundo Nacional de Saúde

Com relação aos convênios assinados com o Fundo Nacional de Saúde, totalizando R$ 4.570.000,00 em verbas previstas no orçamento federal de 2017, o beneficiário é o Hospital Universitário. Destaca-se R$ 2 milhões para aquisição de um tomógrafo, R$ 1,3 milhão para compra de um ônibus que será usado nas coletas de sangue do Hemocentro, essas verbas liberadas são para atender à solicitação do HUM, com o apoio do Ministro da Saúde, Ricardo Barros. Além disso, um valor de R$ 500 mil que será usado na aquisição de equipamentos para a UTI neonatal do HUM foi proveniente de emenda individual do deputado Ênio Verri. Baesso explica que há ainda outro convênio, no valor de R$ 770 mil, obtido através de emenda conjunta dos deputados Edmar Arruda e Ênio Verri. Com este recurso será adquirido um endoscópio e um sistema de anestesia.

Baesso diz que a UEM já está trabalhando nas licitações e elogia a intervenção dos deputados na viabilização dessas verbas, lembrando que elas são importantes para melhoria da infraestrutura da universidade e para manutenção das atividades acadêmicas e de assistência à população.

O reitor também adianta que no orçamento de 2018 já está acordado uma emenda, no valor total de R$ 1,3 milhão, dos deputados Edmar Arruda, Ênio Verri, Luis Nishimori e do senador Álvaro Dias. Esses recursos serão aplicados na construção da Praça de Convivência da UEM, localizada entre o Restaurante Universitário e a Biblioteca Central.