Tools

mesao

Ferramenta para estudar, entre outras questões, as equações diferenciais, a Teoria de Lie é tema de simpósio na UEM, aberto, hoje (21)

Pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação em Matemática estão participando, na Universidade Estadual de Maringá (UEM), de um evento que busca não apenas mostrar a importância da Teoria de Lie na interface com outras áreas, como as engenharias, ajudando a resolver equações diferenciais, como também aperfeiçoar a maneira de transmitir a utilidade desta teoria.

Com atividades iniciadas nesta quarta-feira (21) pela manhã, e aberto oficialmente à tarde, o 2º Simpósio de Teoria de Lie e Aplicações prossegue até a próxima sexta-feira, reunindo palestras e apresentações de trabalhos científicos.

Além de alunos da UEM, o evento, que ocorre no auditório do Bloco F-67, conta com a presença de professores-pesquisadores de outras cidades do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Vale dizer que a Teoria de Lie é uma ferramenta para estudar, por exemplo, equações diferenciais. E tem sido particularmente útil na física matemática, uma vez que descreve importantes grupos físicos como o grupo Galileu, o grupo Lorentz e o grupo Poincaré. Já, a Física matemática é um ramo da física teórica que estuda desde simetrias até modelos integráveis na área de partículas e campos. 

julinho

Ao falar na cerimônia de abertura do Simpósio, o vice-reitor da UEM, Julio Damasceno, parabenizou a coordenação geral do evento pela "coragem e pelo espírito de vanguarda", diante de um momento adverso para o ensino superior público brasileiro, em especial o parananaense.

Damasceno enalteceu o conceito 5 atribuído pelo governo federal ao Programa de Pós-Graduação em Matemática (PMA), da UEM, lembrando que se trata de uma nota que traduz o nível de excelência. Para ele, com este tipo de conquista a universidade pública reafirma a busca da qualidade em detrimento das forças contrárias ao avanço do ensino superior público.

O vice-reitor lamentou que desde 2014 a UEM não consegue abrir concurso público para repor as vagas de servidores que se afastaram. "Respondemos a tudo isso com responsabilidade, produção e qualidade", disse. Ele ainda ressaltou o fato de a UEM ser uma das únicas instituições de ensino superior no Brasil a ter um grupo de pesquisa sobre a Teoria de Lie.

Josiney

O coordenador geral do evento, professor Josiney Alves de Souza, disse esperar que o Simpósio possa render muita discussão produtiva a respeito da Teoria de Lie, levando em conta as várias palestras previstas sobre o tema.

Alexa

O coordenador do PMA, professor Alexandre José Santana, afirmou que o Programa de Pós-Graduação em Matemática apoia diversos eventos, responsáveis, de acordo com ele, por permitir a troca de experiências entre os participantes.

Brusa

A chefe do Departamento de Matemática (DMA), professora Roseli Brusamarello, destacou que é prazeiroso ver os participantes reunidos num evento realizado no período de férias na universidade. Conforme ela, o DMA também tem procurado dar apoio aos eventos por entender que eles mantêm a pesquisa ativa.

Vanderly

O diretor-adjunto do Centro de Ciências Exatas (CCE), Vanderly Janeiro, disse que os frutos de um seminário como este podem ser vistos por exemplo na ascensão do Brasil ao grupo da União Matemática Internacional que congrega os 10 melhores países na área em todo o mundo. Na avaliação dele, o Simpósio de Teoria de Lie e Aplicações vai trazer bons frutos para o Departamento e para os convidados de fora.

O Simpósio é organizado por pesquisadores do DMA, do PMA e por integrantes do grupo de pesquisa Teoria de Lie e Aplicações, do CNPq. A ideia é promover a interação entre professores pesquisadores e acadêmicos, dando a eles a oportunidade de compartilhar experiências de ensino-aprendizagem e de pesquisa científica, além da transmissão de conhecimento e de técnicas empregadas em estudos avançados desta Teoria e de suas aplicações em diversas áreas da ciência. Outras informações podem ser obtidas no site.