Tools

ivaipora

A programação se estenderá aos Câmpus Regionais. Ao longo desta semana serão destacadas as atividades de cada um

A uma semana do início do ano letivo de 2018, a UEM (Universidade Estadual de Maringá) finaliza os preparativos para receber os quase 15 mil alunos dos cursos de graduação presenciais. Uma programação especial irá recepcionar os “novatos”, dentro da Semana de Integração dos Calouros, a Calourada 2018.  

 As atividades irão ocorrer em todos os câmpus regionais da UEM, já a partir do dia 12 de março. Lembrando que o objetivo da Calourada 2018 é promover a integração entre veteranos e novos acadêmicos, durante esta semana serão destacadas as programações dos vários câmpus da Universidade, iniciando por Ivaiporã.

 Na segunda-feira, dia 12, os calouros serão recepcionados pelos coordenadores dos três cursos oferecidos naquela cidade, abrindo a programação que se estenderá até sexta-feira, dia 16. Após a recepção, cada curso terá uma programação específica fechando o primeiro dia de atividades.

Na terça-feira, dia 13, o curso Educação Física agendou uma oficina de dança aberta a todos os interessados, que será realizada das 19h30 às 21h30, no Ginásio Sapecadão. O organizador, professor Anselmo Alexandre Mendes, adianta que será uma oficina recreativa, com um toque de dança de salão. “Todos vão conseguir participar”, afirma  ele, dizendo que ideia é integrar todos.

 No dia 14, com foco na área de saúde, haverá duas palestras, uma sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis e a outra sobre Assédio Moral Sexual, com as professoras Isadora Vier e Gisele Mendes de Carvalho. Ambas serão ministradas na Câmera de Vereadores, a partir das 19h30. No local também será oferecido um serviço de testagem rápida de DST.

Na quinta-feira (15), às 19h30, haverá apresentação da Reitoria, das Pró-Reitorias e do DCE (Diretório Central dos Estudantes). Fechando as atividades, um quinteto da Orquestra de Câmara da UEM interpreta peças selecionadas de diversos períodos e estilos.

Na sexta-feira (16), último dia do evento, as atividades serão promovidas pelos centros acadêmicos. “Nossa proposta é sortear livros, apresentar alguns conteúdos sobre o câmpus e oferecer suporte para que os calouros se sintam envolvidos com a Universidade”, explica Lucas dos Santos, membro do Centro Acadêmico de História.

O curso de Serviço Social programou uma arrecadação de materiais de limpeza que serão doados para um asilo da cidade. Ticiane Oliveira, veterana do curso, defende o trote solidário “como uma atividade saudável que além servir como comemoração da entrada no curso superior é uma prática que também beneficia a sociedade”.

 Para Ricardo Carminato, diretor do Câmpus Regional do Vale do Ivaí, a expectativa para o início do ano letivo de 2018 é grande. “Este será um ano de boas realizações, iniciaremos a construção de um novo bloco didático, do nosso Restaurante Universitário e de um teatro”, diz ele, justificando o otimismo.

 

* Com orientação dos jornalistas da ASC

uem tv