Tools

abertura evento

Foram distribuídos folderes sobre o BLH do Hospital

Priscila Ramos, o marido Gustavo Salgueiro e a filha deles, Manuela, de 1 ano e oito meses, foram algumas das pessoas abordadas durante o evento do Dia Mundial de Doação de Leite Humano. Para dar visibilidade à data, a equipe do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Regional de Maringá (BLH/HUM) foi às ruas para reforçar a importância deste ato de altruísmo, que pode salvar a vida de muitos bebês.

Priscila, que ainda amamenta Manuela, disse que conhece a importância da amamentação. “Especialmente, para os bebês que nascem antes da hora”, reforçou a mamãe. Ela ainda reconheceu que o Dia Mundial de Doação de Leite Humano também serve como “uma forma de incentivar o aleitamento materno, seja da mãe diretamente para o bebê ou com leite humano doado por mulheres que têm uma produção maior do que o filho pode consumir”, disse Priscila.

A verdade é que esse é realmente um dos objetivos da celebração do 19 de maio, Dia Mundial de Doação de Leite Humano, que também tem como foco divulgar os bancos de leite humano nos estados e municípios brasileiros.

BHL - O Banco de Leite Humano do HUM foi implantado em 30 de outubro de 1996. Nasceu como um projeto de extensão e, hoje, é o segundo maior Banco de Leite do Paraná em volume de doação. O total de Leite coletado no último mês foi 251 litros, de 239 doadoras. Esse leite foi consumido por 101 bebês de risco, em Maringá e região, além de Paranavaí e Campo Mourão. O BLH também atendeu, no HUM, 120 duplas mãe/bebê com dificuldades de amamentação e realizou 399 visitas domiciliares.

equipe evento

Saindo da rotina, no Dia Mundial da Doação de Leite Humano, o BLH do HUM foi até o Shopping Mandacaru, no último sábado. A equipe distribuiu material informativo e conversou com a comunidade para explicar por que e como é feita a doação de leite humano e mostrar o serviço oferecido pelo Banco.

“A principal mensagem que deixamos é: se a mãe se dispuser a doar qualquer quantidade de leite pode estar garantido a saúde e até a vida de bebês prematuros. Se você pode doar, é só ligar para a gente. Damos todas as instruções necessárias e ainda vamos buscar o leite na sua residência. Nosso telefone é o 3011-9174”, informou a coordenadora do BLH, Meliana Gisleine de Paula.