Tools

Reynaldo1

Reynaldo Costa lutava contra um câncer e faleceu nesta segunda-feira (25), alguns meses antes de completar 83 anos

Os vetores e o triângulo que fazem parte da identidade visual da UEM (Universidade Estadual de Maringá) saíram da cabeça de Reynaldo Costa, um mineiro de São Sebastião do Paraíso, nascido em 18 de dezembro de 1935.

No início dos anos 1950, ele chegou a Maringá, então com 15 anos de idade. Veio junto com os pais, Alfredo e Dolores, e onze irmãos. Nessa época começou a trabalhar em uma gráfica da cidade, onde ficou até 1977, ano em que iniciou como gráfico na Cooperativa Agroindustrial de Maringá (Cocamar). Tempos depois passou a coordenar o acervo histórico da Cooperativa.

Desenhista gráfico e estudioso da arte heráldica, relativa à criação de brasões, Reynaldo Costa amava o que fazia. Entre seus inúmeros trabalhos consta a criação do brasão e da bandeira do município de Maringá.

Marca UEM

Logo UEM

Em entrevista para uma edição especial do Jornal da UEM, Reynaldo Costa descreveu, rapidamente, o que seria a figura de três setas apontando para um triângulo central, que formam o logotipo da UEM. Na época ele disse que uma das setas representa a universidade, a outra a comunidade e a terceira o setor produtivo. O triângulo central simboliza o ser humano, como eixo principal.

No descritivo da marca, apresentado ao Conselho Universitário, consta que são “Três setas equipoderantes circundando o triângulo equilátero. As três setas simbolizam sabedoria e estão em movimento contínuo, dando sentido de desenvolvimento para chegar à integração: universidade, empresa, comunidade - aspectos fundamentais do novo conceito de universidade. O centro triangular, ponto de partida, representa o homem, objeto e objetivo de todas as atividades. O homem, sua realização e participação no processo global”.

A homologação do logotipo da UEM se deu através de uma resolução do Conselho, publicada em 20 de junho de 1975. O projeto da marca foi apresentado pelo artista em outubro de 1972.

Reynaldo Costa deixa viúva e três filhas, uma delas, Lucia Bianchi Costa de Paiva, servidora lotada na Rádio UEM FM.