Tools

foto placas 2

Laboratório de Inovações em Educação na Saúde selecionou 15 propostas em todo país, duas são da UEM

Ocorreu hoje, dia 25 de julho, na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), a cerimônia de reconhecimento das experiências selecionadas pelo Laboratório de Inovações em Educação na Saúde, com ênfase em Educação Permanente. Entre as 15 propostas finalistas, duas são da UEM (Universidade Estadual de Maringá).

As propostas receberam Certificado de Reconhecimento e a publicação de um livro com a sistematização das metodologias por meio da Série Técnica NavegadorSUS. O Laboratório é fruto da parceria entre o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (DEGES/SGTES), e a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

A experiência intitulada “A reorientação da formação por meio da educação interprofissional e prática colaborativa - Pró-saúde e PET Saúde”, tem coordenação de Rozilda das Neves Alves Vidigal, professora do Departamento de Psicologia, e foi desenvolvida em 21 Unidades Básicas de Saúde de três municípios da região Noroeste do Paraná.

Mitsue Fujimaki, professora do Departamento de Odontologia, coordena o “Empoderamento de lideranças por meio da educação profissional para estimular processos de mudança na atenção odontológica”, que se refere ao Curso de Qualificação da gestão do SUS em Saúde Bucal, parceria da UEM com o Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado do Paraná desde 2010.