Tools

 paulo navasconi 2

Evento, com entrada franca, é aberto a qualquer interessado e requer inscrição pela Internet

"Por quê devemos falar sobre sofrimento psíquico nos espaços acadêmicos?". Este será o tema da palestra que o psicólogo e professor Paulo Vitor Palma Navasconi (foto) fará no dia 5 de novembro, às 20 horas, no anfiteatro do bloco F-67, câmpus da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

A palestra estava agendada para o dia 29 de outubro, mas foi transferida para o próximo dia 5 a pedido do palestrante. O evento, gratuito, é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática, sob a organização do professor Carlos Alberto Magalhães Junior, do PCM.

Mestre em Psicologia, Paulo Vitor é membro do coletivo Yalodê-Badá e do Núcleo de Estudos Interdisciplinar Afro-Brasileiro (Neiab), da UEM. 

Ex-coordenador estadual da cadeira LGBT do Fórum Paranaense de Juventude Negra, está cursando doutorado em subjetividade e práticas sociais na contemporaneidade, na UEM. Também é membro do grupo de pesquisa em sexualidade, saúde e política e ainda integra a Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia (Sede Paraná 08). 

Paulo é professor em Psicologia na Faculdade Cidade Verde (FCV, em Maringá, e atualmente se dedica a estudos relacionados a raça, gênero, genocídio da população negra, história da Psicologia e comportamento suicida.

A palestra também faz parte da celebração dos 15 anos do PCM e está aberta a todos os interessados tanto da comunidade interna quanto da comunidade externa à UEM. As inscrições devem ser feitas Internet. Outras informações no site ou telefone (44) 301-4827.