Tools

uem 1024x768Reitoria se manifesta contra pichações racistas e homofóbicas que teriam ocorrido dentro da UEM

A divulgação nas redes sociais de uma pichação, em um dos banheiros no câmpus da Universidade Estadual de Maringá, com afirmações racistas e ameaças contra homossexuais e negros foi recebida com indignação pela Reitoria da UEM.

O reitor Julio Damasceno repudiou a atitude que, segundo ele é totalmente contrária ao que se espera de um ambiente universitário em que a pluralidade de ideias e o respeito devem estar sempre presentes,

O reitor diz que sempre agirá com rigor no combate a esse tipo de comportamento, estando respaldado pelo Regime Disciplinar, aprovado pelo Conselho Universitário, que prevê a imposição de penalidades pelo cometimento de ofensa ou dano, moral ou físico, independente do meio utilizado, contra qualquer pessoa no âmbito da Instituição.

As penas previstas, conforme a gravidade do ato, podem ser de advertência, repreensão, suspensão e expulsão. O Regime Disciplinar estabelece, como Diretrizes de Convivência da Comunidade Universitária, “a preparação para exercício pleno da cidadania; o compromisso com a justiça social, com a paz, com a defesa dos direitos humanos e a preservação do meio ambiente”, entre outras.

Pelo que foi possível apurar até o momento, a pichação teria sido apagada e seus autores não foram identificados.

uem tv