Tools

professora terezinha oliveira

O evento ocorrerá no dia 21 deste mês e será realizado na Festa Literária Internacional de Maringá (FLIM)

A professora Terezinha de Oliveira, do Departamento de Fundamentos da Educação (DFE), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), vai debater, no dia 21 de novembro, às 16h30, na 28ª edição do Café Filosófico, o tema "O conhecimento como condição de liberdade. Uma análise da obra: discurso da servidão voluntária".

Desta vez, o evento vai ocorrer na Festa Literária Internacional de Maringá (FLIM), na travessa Jorge Amado, ao lado do estádio Willie Davids, no auditório Capitu.

Terezinha é graduada em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), com mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e doutorado em História também pela Unesp.

Fez estágio de pós-doutorado em História e Filosofia da Educação, na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Além de professora no DFE, também é docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE), da UEM.

Terezinha tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, especialmente em Filosofia e História da Educação, atuando principalmente nos temas: ética, transformação social, história da educação na Idade Média, escolástica, filosofia da educação na Idade Média, Intelectuais e Instituições Educacionais na Idade Média e formação de professores.

A organização do Café Filosófico é da Universidade Aberta à Terceira Idade (Unati) e do Departamento de Filosofia (DFL), da UEM, com a parceria do sistema Fecomércio e do Sesc. 

A entrada é aberta ao público, sem a necessidade de inscrição prévia. Outras informações sobre o evento pelo telefone (44) 3011-8995, na Unati.