Tools

valenciana

O projeto envolve parcerias de pesquisa e inovação em Citricultura, Agroecologia e Agricultura de Precisão, estratégias de desenvolvimento regional, entre outros

A convite da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o professor Edwin Cardoza, do Departamento de Engenharia de Produção da UEM  integrou a missão do Estado do Paraná que visitou, na semana passada, instituições valencianas de desenvolvimento regional, ciência, tecnologia e inovação, organizada pela Comunidade Europeia, no contexto do Programa IUC-LAC (Integração União Europeia e América Latina), que visa integrar empresas e instituições europeias e da América Latina. A proposta foi prospectar oportunidades de cooperação entre as duas regiões.

No dia 23 de novembro, o grupo foi recebido por autoridades de relações internacionais do governo da Comunidade de Valência, na Espanha. O encontro, presidido pela chefe de Relações com a UE da Generalitat de Valência, Ana Enguidanos Weyler, validou a pauta inicial de oportunidades de cooperação entre as duas regiões, elaborada pela comitiva e seus anfitriões, que envolve parcerias de pesquisa e inovação em Citricultura, Agroecologia e Agricultura de Precisão, estratégias de desenvolvimento regional, colaboração entre empresas paranaenses e valencianas de tecnologia, parcerias entre Universidades, Parques Científicos e Tecnológicos e redes de Incubadoras de Empresas.

A agenda inicial deve ser detalhada e transformada num “Memorandum of Undertanding”, a ser assinado em Curitiba em março do próximo ano, quando uma comitiva da Comunidade de Valência virá ao Brasil. O objetivo é que cada uma das dez oportunidades prospectadas se transforme em convênios e projetos específicos, que poderão estruturar-se com recursos da União Europeia e de instituições brasileiras, como a FINEP, gerando empresas e empregos qualificados nas duas regiões.

Além do professor Edwin Cardoza (na foto acima, o segundo da direita para a esquerda), participaram do encontro, na Generalitat de Valência, assessores do Instituto Valenciano de Competitividad Empresarial, Rafael Escamilla Domínguez e Roberto Algarra Alberto, os paranaenses Jean Carlos Alberini (Agência Paraná Desenvolvimento), Adriano Krzyuy (Assespro Associação de Empresas de Informática), Tadeu Felismino (Instituto Agronômico do Paraná), e Izoulet Cortes Filho (da Governança de TIC do Paraná e coordenador da missão).

Pela UEM também participam da articulação do projeto os docentes Marcelo Farid, do Departamento de Economia, e Gislaine Camila Lapasini Leal, do Departamento de Engenharia de Produção.

uem tv