Tools

01 pintofscience

De 20 a 22 de maio, Pint of Science promoverá bate-papos e distribuirá livros; totens alusivos ao evento estão na Expoingá

Já pensou em estar num bar e beber todo o conhecimento que a ciência pode proporcionar a você e ao desenvolvimento da sua nação?! Com essa proposta irreverente, o Programa de Pós-Graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais (PEA) da Universidade Estadual de Maringá (UEM) organiza o “Pint of Science Festival”, evento traduzido livremente como “Festival da Dose de Ciência”. Inédita em Maringá (PR), a iniciativa será na semana que vem e faz parte de um movimento mundial de popularização do conhecimento científico.

O Pint of Science ocorre em todo o mundo ao mesmo tempo, a partir das 19h30 nos respectivos fusos horários. Nas cidades que recebem-no, as noites de ciência ocorrem simultaneamente em dois bares, nos quais um palco é montado e dois cientistas falam, em linguagem acessível ao público, por meia hora cada um. “A grande motivação é trazer a população para saber o que a universidade desenvolve cientificamente e a importância da ciência no dia a dia das pessoas”, estimula Geovani Arnhold Moresco, um dos organizadores e doutorando pelo PEA/UEM.

Em 2018 houve o “Uma Dose de Ciência”, um evento experimental e espécie de treinamento para o "Pint of Science Festival". “Tivemos duas brilhantes palestras e ele deu força para formalizarmos a candidatura de Maringá para realização do Pint of Science em 2019”, relembra Moresco. De acordo com a organização nacional do “Pint of Science Festival”, a primeira edição mundial foi realizada há seis anos, sendo a primeira brasileira em 2015, em São Carlos (SP). Agora, o festival está presente em 24 países e 85 municípios do Brasil.

 

WhatsApp Image 2019 05 13 at 22.39.53

“Uma Dose de Ciência”, em 2018, foi piloto para “Pint of Science Festival”

 

Assista ao “Pint of Science” em Maringá

 

20 de maio, 19h30, Cervejaria Eden Beer (Avenida Laguna, 1.520):

Tema: “Pátria amada Brasil: a educação é realmente para todos?”.

Bate-papo 1: “Virando o jogo na educação: a escola é para todos?”.

Cientista: Maria Cristina Gomes Machado (pedagoga).

Bate-papo 2: “Crianças com e sem deficiência na mesma escola: Será? E como fazer?”.

Cientista: Nerli Nonato Ribeiro Mori (psicóloga).

 

20 de maio, 19h30, Hórus Cervejaria (Rua Néo Alves Martins, 1.552):

Tema: “Há engenharia química em tudo: da cerveja ao gás natural”.

Bate-papo 1: “Dos açúcares até onde sua imaginação permitir – o fantástico micromundo da cerveja”.

Cientista: Renam Luiz Acorsi (engenheiro químico).

Bate-papo 2: “Mais perto do pré-sal do que você imagina”.

Cientista: Leonardo Hadlich de Oliveira (engenheiro químico).

 

21 de maio, 19h30, Cervejaria Eden Beer (Avenida Laguna, 1.520):

Tema: “A internet das coisas e outras coisas”.

Bate-papo: “Computação invisível: eu sei o que você está pensando”.

Cientistas: Linnyer Beatrys Ruiz Aylon (engenheira da computação) e Daniela Eloise Flôr (cientista da computação).

 

21 de maio, 19h30, Boteco do Neco (Avenida Tiradentes, 133):

Tema: “Como a neurociência explica as emoções”.

Bate-papo: “Cérebro: Manual do proprietário”.

Cientistas: Larissa Renata de Oliveira Bianchi (bióloga) e Débora de Mello Gonçales Sant’Ana (farmacêutica e pedagoga).

 

22 de maio, 19h30, Donna Ninpha Skate Bar (Avenida Carlos Correa Borges, 1.181):

Tema: “O dia em que a Terra parou”.

Bate-papo 1: “A conservação da biodiversidade na era da negação científica”.

Cientista: Sidnei Magela Thomaz (biólogo).

Bate-papo 2: “Mudanças Climáticas e aliens: extinguindo os seres humanos”.

Cientista: Roger Paulo Mormul (biólogo).

 

22 de maio, 19h30, Hórus Cervejaria (Rua Néo Alves Martins, 1.552):

Tema: “Um pouco de física não é dose!”.

Bate-papo 1: “Redescobrindo o Infinito: um Universo sem fronteiras Espaço-Temporais”.

Cientista: Marcos Cesar Danhoni Neves (físico).

Bate-papo 2: “Da mecânica clássica à física de sistemas complexos”.

Cientista: Renio dos Santos Mendes (físico).

 

Reportagem atualizada em 14/05/2019 às 8h26.

uem tv