Tools

DeputadoTadeu Veneri 0001

“A UEM tem produção de conhecimento imensa, comparada às melhores universidades do mundo”, destaca Veneri em visita ao câmpus

“Venho hoje, aqui, para me colocar solidariamente à universidade e às suas necessidades”, expressa Tadeu Veneri, deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), que nesta quinta-feira (30) está no câmpus sede da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Ao manifestar sua defesa a esta instituição e às demais estaduais paranaenses, propôs, à reitoria, organizar um seminário na Alep sobre as universidades, de modo que a sociedade as conheça mais e melhor.

Integrante da Frente Parlamentar de Promoção e Defesa das Universidades Públicas do Paraná, Veneri sustenta a manutenção da qualidade nas universidades estaduais, pois, “têm papel absolutamente fundamental no desenvolvimento da região e no desenvolvimento de um processo civilizacional”. “É necessário que tenhamos este reconhecimento, há uma dívida de gratidão com a universidade. E a UEM tem uma produção de conhecimento imensa, comparada às melhores universidades do mundo”, elogia. A fala é corroborada pelo World University Ranking.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania, que veio à UEM acompanhado de sua assessora, Regina Aparecida de Paula, enfatiza que não apoia uma corporação, mas um Estado, num “conceito em que todos possam ser contemplados e possa-se ter na universidade pública a principal referência para uma sociedade plural e igualitária”. No entanto, teme que este entendimento possa ser ameaçado por medidas como a Desvinculação de Receitas de Estados e Municípios (Drem), normativa que contingencia 30% de verbas estaduais, além de questões como o pagamento das Obrigações de Pequeno Valor (OPVs) e a falta de reposição de pessoal – na UEM, há déficit de 1,1 mil servidores.

 

A visita

Pela manhã, Veneri e Regina reuniram-se no Gabinete da Reitoria com gestores da UEM: Julio César Damasceno, reitor; Ricardo Dias Silva, vice-reitor; Carlos Augusto de Melo Tamanini, prefeito do câmpus de Maringá (PR); Luis Otávio de Oliveira Goulart, pró-reitor de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários; Leila Pessôa Da Costa, pró-reitora de Ensino; Antonio Marcos Flauzino dos Santos, pró-reitor de Administração; Maria Raquel Marçal Natali, presidente da Comissão Central do Vestibular; Elisabete Mitiko Kobayashi, superintendente do Hospital Universitário Regional (HUM) de Maringá; Sandra Schiavi, assessora de relações internacionais; e José Antônio Martins, chefe de gabinete da Reitoria.

Agora à tarde, o deputado estadual e a assessora parlamentar conhecem parte da infraestrutura do câmpus sede da UEM, por meio de locais como o HUM, o Complexo de Centrais de Apoio à Pesquisa (Comcap) e o Laboratório de Ensino e Pesquisa em Análises Clínicas (Lepac), que corre sério risco de fechar. A vinda de Veneri é mais uma das articulações que a UEM faz junto a lideranças, inclusive da sociedade civil. Segundo o reitor, a interlocução está sendo boa, porque “a pauta da universidade passa a fazer parte da fala dos nossos representantes, independentemente de cores partidárias, o que tem sido muito gratificante”.

 

DeputadoTadeu Veneri 0002

Reunião entre parlamentar e gestores da Universidade Estadual de Maringá

uem tv