Tools

2019 10 16 Assinatura termo de cooperação TECPAR UEM 9928

Parceria visa somar esforços para fazer chegar mais rápida ao setor produtivo a inovação gerada na academia; veja as fotos da cerimônia

A Universidade Estadual de Maringá e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) irão trabalhar em parceria visando fortalecer a pesquisa e o desenvolvimento de soluções tecnológicas no Paraná.

As duas partes assinaram um termo de cooperação ampla, na tarde desta quarta-feira (16), no Gabinete da Reitoria da UEM, reunindo as principais autoridades da Universidade e do Instituto.

A ideia é aglutinar o potencial científico produzido pelos professores e pesquisadores da UEM e os especialistas do Tecpar no sentido de abrir possibilidades mútuas e fazer chegar ao setor produtivo, por meio da expertise do Instituto, inovações desenvolvidas na academia.

Se por um lado a Universidade produz conhecimento nos cursos de mestrado e doutorado, tendo com apoio os laboratórios de ponta alocados no Complexo de Centrais de Apoio à Pesquisa (Comcap), de outro o Tecpar, uma instituição também pública, com 80 anos de vida, produz medicamentos ao Ministério da Saúde, desenvolve soluções tecnológicas, faz avaliação da conformidade e prestação de serviços tecnológicos ao mercado, e ainda faz a gestão de parques e incubadoras tecnológicas.

Os trabalhos irão começar imediatamente. Como fruto desta proximidade celebrada hoje, técnicos do Tecpar, orientados pelo representante do Instituto em Maringá, Nilson Marcos Tazinafo, irão poder utilizar uma sala no câmpus cedida pela Universidade.

Para o reitor Julio César Damasceno, a cooperação representa uma convergência de forças. Ele lembrou o potencial científico da UEM gerado pelas dissertações de mestrado e teses de doutorado ligadas aos 56 programas de pós-graduação.

Ele falou ainda do grau de excelência da instituição, que é reconhecida fora e dentro do Brasil. Prova disso foi o convite que a UEM recebeu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Comissão Fulbright Brasil para integrar o Laboratório de Internacionalização do Conselho Americano de Educação.

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, enalteceu a parceria dizendo ter a convicção de que as atividades desenvolvidas pelas partes se complementam e isso, com certeza, vai beneficiar a sociedade.

“Essa parceria é de extrema importância para os setores produtivos do Paraná, uma vez que temos a proximidade do Tecpar com a universidade. As instituições vão compartilhar conhecimento e unir suas competências para apoiar empresas, cooperativas e startups”, afirma Jorge Callado.

Diretor de Novos Negócios e Relações Institucionais do Tecpar, Lindolfo Junior comemorou o termo de cooperação e afirmou estar convencido de que esta união vai frutificar.

A cerimônia de assinatura do documento reuniu, ainda, entre outras autoridades, o vice-reitor da UEM, Ricardo Dias Silva; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Clóves Cabreira Jobim; o coordenador estratégico da Incubadora Tecnológica de Maringá, Marcelo Farid; além de servidores do Tecpar.

uem tv