Tools

reuniao amusep curitiba outubro

Parceria entre UEM e Amusep foi levado a Norberto Anacleto Ortigara

O projeto elaborado pela Unidade Mista de Desenvolvimento Territorial (UMDT) da Região da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) conquistou um importante aliado para viabilizar a execução das ações propostas. Trata-se do secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Anacleto Ortigara. No dia 15 de outubro, integrantes do Comitê Gestor da iniciativa foram recebidos em audiência pelo membro do primeiro escalão do Governo do Estado. O encontro ocorreu na sede da Seab, em Curitiba.

“Conseguimos chamar a atenção e sensibilizar o secretário Ortigara”, destaca o reitor da Universidade Estadual de Maringá (UEM), professor Julio César Damasceno. O presidente da Amusep, prefeito de Atalaia, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva, ressalta que o titular da Pasta da Agricultura considerou a ideia “boa” e que vai “apoiá-la”, pois vai ao encontro da linha estratégica de atuação do Governo Ratinho Júnior para o setor do Estado.

 

Atrativos

Entusiasta desde o surgimento da proposta do projeto, o presidente do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Natalino Avance de Souza, avalia que o caráter inovador; a perspectiva de poder ser replicado a outras regiões do Paraná; e a possibilidade de melhorar a qualidade da aplicação dos recursos públicos foram os principais atrativos para o secretário “abraçar” a Unidade Mista.

De acordo com os integrantes do Comitê Gestor, o próximo passo é apresentar o projeto durante uma reunião do secretariado estadual na tentativa de conseguir a chancela do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, para que a Unidade Mista seja incorporada ao programa de governo. Outra frente, vai contactar os organismos financiadores oficiais para alavancar os recursos necessários para que as ações sejam colocadas em prática o mais breve possível.

 

Replicar

Já na reunião do dia 15, houve uma sinalização de o projeto ser replicado na região de Goioerê e Cianorte. “Após o nosso encontro, o secretário recebeu representantes das duas regiões e aproveitamos para, também, apresentar a Unidade Mista para eles”, comenta o reitor da UEM. “Provocamos o impacto inicial que desejávamos. Agora, é trabalhar para iniciarmos as primeiras ações no início do próximo ano”, frisa o presidente da Amusep.

 

Campo

A ideia de criar a Unidade Mista surgiu durante um encontro do presidente da Amusep, prefeito de Atalaia, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva, com reitor e o vice-reitor da UEM, professores Júlio César Damasceno e Ricardo Dias Silva, no dia 25 de março deste ano. A proposta reúne representantes da UEM, Amusep, Emater, e Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab). O objetivo é promover o aprimoramento tecnológico, a partir de ações inovadoras, que revertam em mais renda; melhora na qualidade de vida; e contribuam para fixar o homem no campo.

 

11 setores

Em um primeiro momento, foram eleitos onze setores para a atuação da Unidade Mista. Todos voltados para o agronegócio. Estão contemplados a produção sustentável de grãos e de leite; o cultivo de hortaliças e legumes orgânicos; e a criação de gado de corte, do bicho-da-seda e de peixes. O manejo de solos e das águas; o fortalecimento das associações, cooperativas e da agroindústria familiar; o turismo rural também estão previstos. A proposta é atualizar os dados das cadeias produtivas, a partir do aproveitamento do trabalho realizado pela UEM e pelo Instituto Emater, e promover os avanços necessários para tornar os segmentos mais produtivos e competitivos no mercado regional.

 

*Assessor de imprensa da Amusep.

uem tv